terça-feira, 27 de maio de 2008

Caldo Verde da Elvira + Caldo Verde da minha avó


Os dias frios mexem comigo de uma forma que não dá para explicar. Fico pensativa; fico cheia de saudades, esse sentimento indescritível expressado por uma palavra que só existe na língua portuguesa. Na semana passada, ao observar o pôr-do-sol de outono enquanto preparava o jantar dos meninos, senti muitas saudades de Portugal. Senti saudades da Ana, dos almoços na Alfama, da vista magnífica da Serra de Sintra, das queques de laranja, do mar de Cascais... Para aplacar um pouco desse sentimento, e como a nossa casa é portuguesa com certeza, decidi preparar um caldo verde incrível que tinha visto no blog da querida Elvira.

Ingredientes (a receita original está aqui):

  • Azeite de oliva
  • 2 dentes de alho, fatiados finamente
  • 1/2 cebola picada
  • 200 g de couve manteiga cortada em tiras
  • 6 batatas médias, descascadas e cortadas em rodelas grossas.
  • sal (a gosto)
  • 120 g lingüiça calabresa defumada, cortada em rodelas finas

Cubra o fundo de uma panela média com azeite de oliva. Junte as fatias de alho e a cebola picada. Refogue até que a cebola fique transparente. Acrescente as batatas, e refogue rapidamente de forma que todas as rodelas fiquem cobertas de azeite. Cubra as batatas refogadas com água fervente. Tempere com sal. Cozinhe até que as batatas fiquem macias. Desligue o fogo, e bata a sopa com um mixer. Se estiver muito grossa, acrescente mais água. Ferva a sopa novamente. Adicione as rodelas de lingüiça (eu removi a pele que envolve a carne). Cozinhe por mais 4 minutos. Por fim, junte as tiras de couve. Ferva por apenas 2 a 3 minutos (Essa dica é do meu avô português, especialista em tomar caldo verde. Quem preparava era a minha avó. :D). Retire do fogo. Prove, e retifique o tempero (se necessário). Regue com um fio de azeite, e sirva imediatamente.

UPDATE: Minha mãe esteve na casa do meu avô, e encontrou a receita de caldo verde da minha avó portuguesa.

Caldo Verde da Vina

Ingredientes:

  • 2 litros de água
  • 1 kg de batatas
  • 2 gomos de lingüiça portuguesa
  • 200 g de toucinho defumado
  • couve manteiga rasgada em tiras
  • azeite de oliva
  • sal (a gosto)
  • 2 dentes de alho

"Põe-se a água a ferver. Junta-se o alho, o toucinho, a lingüiça, as batatas e o sal. Cozinha-se tudo por uma hora. Retira-se as batatas, que são passadas pelo espremedor. Depois das batatas passadas, junta-se a couve, que deve ser fervida por 3 minutos. Por fim, acrescenta-se o azeite."

21 comentários:

Elvira disse...

Fico tão feliz por você se ter inspirado e sobretudo gostado! :-)

Ficou lindo, esse prato de sopa.

Beijos.

Luciana Macêdo disse...

Este friozinho á uma certa melancolia e um prato com um belo caldo ajuda a aquecer a alma.
Qualquer dia destes vou preparar um pratinho destes.

Você perguntou se dá para fazer o bolo com banana prata, penso que não tem problema, basta ela estar bem madura, vai ficar ótimo.
Bjs!

Dani Rollemberg disse...

Caldo verde é totalmente comfort food!!
Minha sogra, como boa portuguesa, faz divinamente!!
Parabéns pra vc e pra Elvira.
Bjs

Flavinha disse...

Márcia, acontece o mesmo comigo durante os dias frios: fico pensativa, melancolica, introspectiva... E este caldo verde realmente combina com estes dias... Vou anotar a receita.
Beijos

Leila disse...

Nunca tomei caldo verde.
adorei os pratos Marcia.
beijinhos

ameixa seca disse...

Mais português que caldo verde não há... e é bom para atenuar as saudades :)

laila disse...

saudades só do que é bom..e isos é bom demais!! me afz lembrar meu pai...bjs

Filipa disse...

Para nos reconfortar nestes dias de chuva tristes e melancólicos, não existe nada melhor do que um belo prato de caldo verde. O seu ficou com uma côr linda.

Beijinhos

Marizé disse...

Caldo verde é de facto um dos cartões de visita de Portugal.

Adorei conhecer a receita da sua avó.

Bj

Laurinha disse...

Que lindo que ficou! Aposto que uma delícia!
Beijinhos,

Fabrícia disse...

Isso sim é confort food...e a receita da vovó é um luxo...vou anotar.
Bjs.

Cláudia disse...

Que delícia, também fiz estes dias, é realmente uma sopa deliciosa. A sua está linda, bem verde!

Sandreane disse...

Meu pai era mineiro e neto de português, e a receita de caldo verde me fez lembrar deles dois :)
É um prato muito saboroso, que carrega uma pitadinha de saudade boa...
Beijocas!

Valentina disse...

Adoro esta sopa. Minha mãe a fez por muitos anos.A receita lhe foi dada por uma visinha portuguesa que tivemos no Brasil. Um prato realmente muito bom. Imagino que tenha te esquentado a alma mesmo.

Carol disse...

Nossa, caldo verde com esse friozinho deixa tudso melhor!! Grande beijo!!

ameixa seca disse...

Olá Márcia...Só para avisar que tem um prémio que também é teu lá na Canela Moída :) Só para demonstrar que gosto de cá vir ;)
Abraço

Goreti disse...

Marcia, esse é o caldo cmpeão aqui de casa, e acho que dos demais brasileiros...portugueses, nem se fala. Senti o aroma daqui.

Beijos!!!

Nysa disse...

conheco bem esse sentimento de saudade de portugal. nao é precisamente o frio que me faz tê-la, mas outras tantas coisas! um caldo verde realmente dá para fecharmos os olhos e cheirar um pouco de portugal. um beijo grande!

Cris disse...

Esta semana eu fiz caldo verde... é muito bom né! Eu faço meio a olho, mas gostei da adição do toucinho de sua avó. Bjs!

Mel L. Ramos Bryar disse...

Adorei!!!! Que delícia!!!!bjs

Cleu Sampaio disse...

Êhh! Eu fiz e deu certo (ok, reconheço que não tenho muita intimidade com a cozinha, então festejo qualquer pequena "vitória"...). Já até fiz de novo e quem foi covidado para experimentar também aprovou. Obrigada por dividir; beijo!