quarta-feira, 26 de dezembro de 2007

Pernil Assado


Sempre fazemos comida demais para o jantar da véspera de Natal. Confesso que o desperdício me incomoda, assim como os quilos a mais adquiridos nessa época de festas. Conversando como meu marido decidimos que iríamos servir apenas um prato principal este ano. Éramos poucas pessoas; seria mais tranquilo... O que fazer? Meu marido estava com desejo de comer pernil. Me inscrevi no curso de Reveíllon da Marcela Maragliano para aprender a fazer um pernil gostoso.
Dei uma modificada na receita da Marcela, e meu marido aprovou...
Ingredientes:
  • 1 pernil com osso (o meu tinha 7 kg - foi o menor que encontrei!)
  • 1,5 L de vinho branco seco (2 garrafas)
  • 3 cebolas cortadas em rodelas
  • 3 cenouras cortadas em rodelas
  • sal grosso moído (a gosto)
  • pimenta do reino (a gosto)
  • 10 ramos de alecrim

Descongele o pernil de acordo com as instruções da embalagem. Tempere-o com sal e pimenta. Reserve em uma assadeira grande. Lave os ramos de alecrim, seque e separe as folhinhas. Corte as cebolas e as cenouras em rodelas. Junte o vinho aos legumes, e cubra o pernil com esta marinada. Cubra a assadeira com filme plástico, e leve ao refrigerador por 36 horas. Vire o pernil de vez em quando para que ambos os lados peguem bem o tempero. Ao fim do período de descanso, retire o pernil da marinada. Reserve a marinada, e retifique o sal e a pimenta da carne. Pré-aqueça o forno em temperatura mínima. Volte a marinada para a assadeira. Tome cuidado para que os legumes não fiquem por cima da carne para que não queimem. Asse o pernil coberto por papel alumínio por 3,5 a 4 horas em forno baixo. Fique de olho para que o caldo da marinada não seque. O segredo é assar a carne lentamente! Caso prefira preparar um pernil desossado, amarre-o em toda volta com barbante (como se faz com o rosbife) para que não deforme na hora de assar. Para saber se a carne está bem assada, fure-a com uma faca. Mantenha a faca no local do corte por 20 segundos. Se jorrar sangue, a carne ainda está crua, e precisa continuar assando coberta pelo papel alumínio. A carne estará no ponto certo se não jorrar sangue e se a lâmina da faca sair quente após o corte. Quando a carne estiver no ponto, remova o papel alumínio, e deixe-a dourar no forno ainda em forno baixo. Regue a carne a cada 20 minutos com o caldo da marinada para que fique bem suculenta. Quando o pernil estiver bem dourado, retire-o do forno. Passe o líquido e os legumes da marinada em uma peneira para fazer o molho da carne. Leve este caldo ao fogo em panela pequena para reduzir. Sirva o pernil com o molho a parte.

Esse prato pode ser servido com arroz branco, batatas assadas, farofa e/ou pêssegos assados. Eu servi o pernil com os 4 acompanhamentos. ;)

Dois lembretes importantes: o osso confere um sabor especial à carne. Se decidir preparar um pernil desossado, coloque o osso dentro da assadeira, e retire-o quando a carne estiver pronta. O pernil demora mais ou menos 1 hora/quilo no forno (entre assar e dourar). Comecei a assar o meu às 9:00, e ele ficou pronto às 16:30. Por isso, controle bem o horário para não passar por apuros.

4 comentários:

Elvira disse...

Ficou realmente muito apetitoso! :-)

Apetece tirar uma fatia...

Beijos.

Sylvia disse...

Também odeio desperdicios , e estou comendo peru até hoje, espero que com a torta de peru de hoje ,termine nossa dieta de peru ;).
O pernil ficou com uma apariencia otima, me deu saudades do que fazia a minha irma.
Bjs

Marcia disse...

Elvira, estava preocadíssima quando fiz este pernil (afinal era o único prato principal da nossa ceia), mas graças a Deus deu certo! Bjs

Sylvia, gostei da idéia da torta de peru. Como vc faz? Bjs

Thiago disse...

Moça, obrigado pela receita.. eu nem sei cozinhar e como estou morando sozinho pra fazer faculdade resolvi fazer um Pernil assim como você disse e ficou excelente, modéstia a parte ahahah.
É bem tranquilo de se fazer e a atenção maior se deve realmente ao tempo, o resto o forno faz pra vc aha.
Abraços pra sua família.